• ENTRAR
  • Nenhum produto no carrinho.

9 dicas para tocar violino melhor

Como maioria dos músicos, nós violinistas estamos sempre em busca da perfeição, e para chegar lá muitos profissionais te dirão “a prática leva a perfeição”. Embora percebamos que essa jornada nunca chega ao fim, o aprendizado e a evolução nunca termina verdadeiramente.

Estamos constantemente lidando com problemas de mão esquerda, como entonação, vibrato, o deslocamento e a força dos dedos; e na mão direita lidamos com problemas de curvatura, a velocidade, o peso do arco e os diferentes estilos e técnicas de arqueamento.

Agora, combine tudo isso com ritmo, dinâmica, leitura, memória e tudo mais, parece muita coisa para estudar e desenvolver uma maneira sólida de aprender tudo o que há para saber, para ser um bom violinista.

Vamos dar uma olhada em nove dicas para melhorar sua performance no violino.

 

1. Você possui as ferramentas certas?

Ter os equipamentos certos desde o início, torna o processo mais fácil e agradável.

Todo violonista precisa de:

– Um bom violino do tamanho correto;
– Um bom arco;
– Case ou estojo;
– Resina;
– Estante de partituras;
– Lápis e borracha;
– Metrônomo
– Uma boa iluminação no local em que for praticar.

 

Para saber qual é o tamanho ideal de um violino para você acesse a matéria “Como escolher o tamanho do meu violino?”

O tipo de arco que você utiliza também faz grande diferença. Digamos que você tenha avançado o suficiente para aprender spiccato, não é recomendável utilizar arcos de fibra de vidro (Comuns para iniciantes), então você deverá comprar um Arco de madeira á medida que progride no violino.

A tecnologia moderna tornou possível baixar um aplicativo de metrônomo em seu celular, assim você pode simplesmente colocá-lo em seu suporte de partitura, ou até usar fones de ouvido enquanto pratica.

 

2. Siga uma metodologia com um bom professor!

Hoje em dia, graças ao avanço da tecnologia, é muito fácil conseguir informações sobre qualquer coisa no Youtube, mas cuidado, muitas vezes buscar conteúdos separados de um método só vai dificultar mais o aprendizado.
Por isso, seguir um método desenvolvido por quem entende do assunto é essencial! Assim você desenvolve passo-a-passo suas habilidades sem perder nada.

Conheça o curso “Fundamentos do violino” do Planeta Música em parceria com grande professor Caio Filipe, onde você terá um método completo desenvolvido por quem entende do assunto e que foi desenvolvido para potencializar o seu aprendizado. Assista ao trailer para entender melhor:

 

3. Estabelecer uma rotina de estudos.

Este é um dos aspectos mais difíceis para todo violinista, manter a rotina durante anos. Uma dica, é melhor estudar menos tempo, porém mais vezes por semana, do que estudar durante muitas horas poucas vezes por semana. Tente se organizar para praticar pelos menos 5 dias por semana, comece com um tempo razoável, digamos 15 minutos.

Mantenha isso por um mês e veja o quanto seu desempenho melhora.

À medida que você se sentir mais confortável com a rotina diária, poderá programar sessões de estudo mais longas ou mais frequentes, conforme necessário.

 

4. Escute primeiro!

Uma das melhores maneiras de aprender uma nova peça ou até mesmo um estudo é escutar muitas vezes primeiro antes de tentar tocar. Assim você irá memorizar a estrutura da música e as melodias, facilitando muito na hora de executar.

Além disso, tente procurar no YouTube e veja se você pode encontrar um vídeo de alguém tocando. Provavelmente haverá uma variedade de vídeos que você pode assistir com diferentes peças e diferentes artistas tocando.

 

5. Escute de novo.

Após escutar diversas referencias e praticar bastante, tente gravar a si mesmo tocando para ver se você está realmente tocando o que você pensa estar!

Muitas vezes, não ouvimos como uma audiência, mas sim “escutamos” o que está em nossas cabeças. Por isso está etapa é muito importante para qualquer músico, se escutar tocando é essencial.

 

6. Toque para os outros.

Agora que você já se escutou tocando, corrigiu alguns detalhes que não estavam perfeitos, chegou a hora de mostrar para todos sua música. Mas antes de sair tocando por aí, chame seus amigos, familiares e toque para eles e veja as reações. Depois está na hora de buscar novas plateias, por exemplo em igrejas, bares e restaurantes.

 

7. Misture tudo.

Não gaste todo o seu tempo de prática em apenas uma peça, um estudo ou uma técnica. Divida seu tempo para poder cobrir pelo menos dois projetos diferentes em uma sessão de prática.

Isso não funciona apenas para melhorar sua concentração, como também, à medida que você trabalha com técnicas semelhantes em uma variedade de estudos, você tem uma evolução mais sólida desta técnica.

É sempre recomendável se aquecer executando mais de uma escala, para que seus dedos possam acordar. Em seguida, passe para uma pequena seção de um estudo em que você está trabalhando.

Seções pequenas são melhores pois você pode se concentrar nas seções que você precisa trabalhar mais, em vez de tentar tocar o estudo inteiro de uma só vez. Crie pequenos objetivo a cada dia para realizar em seus estudos.

 

8. Encontre outros violinistas.

Existem violinistas em todos os lugares! Procure nas igrejas, orquestras locais, escolas de música, festivais e quem sabe até na sua rua não tenho mais um violinistas.

Uma das maiores alegrias para a maioria dos músicos é fazer música com os outros. Existem muitas músicas escritas para 2, 3 e até 4 violinistas tocarem juntos.

Junte alguns músicos e forme sua própria banda, nunca se sabe, vocês podem acabar fazendo alguns shows juntos, como um casamento ou uma festa, e ganhar dinheiro enquanto se divertem.

 

9. Descanse.

Descansar é muito importante para qualquer pessoa, isso incluí os músicos também. Uma vez que você tenha uma boa rotina de estudos, certifique-se de tirar pelo menos um dia de folga por semana, para descansar os músculos, o cérebro e deixar as coisas se acalmarem um pouco.

É incrível, mas seu subconsciente continua processando todo o trabalho que você colocou naquela semana, mesmo que você não esteja tocando. Você pode se afastar por um dia ou dois, voltar e ser capaz de tocar coisas que você não conseguiu na semana anterior.

Tocar violino é um privilégio e leva muito tempo para dominar o instrumento, basicamente uma vida para a maioria de nós.

Aprimorar nossos hábitos de prática e ampliar nossa família musical tocando com outras pessoas, são apenas algumas das ótimas ferramentas que você pode começar a usar para melhorar seu desempenho.

7 de agosto de 2018

0respostas em "9 dicas para tocar violino melhor"

Deixe sua mensagem

Entre em contato

TERMOS DE USO

FORMAS DE PAGAMENTO

Quem está online

Não há usuários online neste momento
Planeta Música LTDA. Todos direitos reservados.